fbpx

A Jornada de André Assis: Como o eProdutor transformou a Gestão Financeira de um Negócio Familiar

Uma vez um jovem chamado André Assis, cuja família possuía um negócio próspero no campo, envolvendo agricultura, piscicultura, avicultura, bovinocultura e silvicultura. A vida seguia normalmente, e André, formado em Agronomia, dedicava-se de corpo e alma às atividades rurais.

Um dia, em uma reunião familiar, seu pai lhe confiou a responsabilidade de cuidar das finanças da família e de seus negócios. Era o chamado para uma nova jornada, um desafio que André jamais esperava enfrentar.

Como em toda jornada do herói, André se viu diante de obstáculos e provações. Ele percebeu que precisava de transparência nas finanças e de um sistema capaz de controlar todas as esferas do negócio, atendendo tanto as necessidades de pessoa física (produtor rural) como as de pessoa jurídica.

André começou a busca por soluções, mas esbarrou na dificuldade de encontrar um sistema que pudesse atender todas as atividades do negócio de maneira individual. Ele teve a ideia de buscar empresas que desenvolvessem um sistema personalizado, já que tinha o projeto em mente.

Foi então que André encontrou o mentor em sua jornada: Lucas, que lhe apresentou o Eprodutor. André percebeu que era exatamente o que procurava: um programa capaz de atender todas as suas atividades de maneira integral e única, tanto para pessoa física como para pessoa jurídica.

Com o Eprodutor, os funcionários da família Assis passaram a registrar ocorrências de todas as atividades por meio de aplicativos no celular, facilitando o controle financeiro. O sistema atendia todas as áreas do negócio, desde a agricultura (soja e milho) até a silvicultura, incluindo a Reflorestamento Assis, empresa especializada na compra e venda de eucalipto em lenha e cavaco no Oeste do Paraná e Sul do Mato Grosso do Sul.

Nessa parceria com o Eprodutor, André e sua família estavam desenvolvendo o melhor controle de silvicultura do país e, em breve, esperavam alcançar o mundo. A jornada de André se tornou um sucesso, e ele pôde garantir um futuro mais promissor para sua família e seus negócios.

André Assis aprendeu que, ao enfrentar os desafios e buscar soluções inovadoras como o Eprodutor, a sucessão familiar se torna mais fácil e prática. Ele aconselha outros produtores e filhos de produtores a olhar para esse cenário e a se prepararem para o futuro, lembrando sempre que “as escolhas que você plantar hoje, é que gerarão os frutos para o futuro de seus filhos e netos”.

E assim, a história de André Assis e o Eprodutor se tornou um exemplo inspirador para todos aqueles que buscam inovação e sucesso no mundo do agronegócio.

 

Veja mais aqui:

Como organizar a Gestão Financeira da Propriedade Rural em 6 etapas.

A gestão financeira em propriedades rurais é fundamental para o sucesso dessas empresas, principalmente propriedades familiares, uma vez que permite o planejamento, a tomada de decisões e a avaliação da rentabilidade do negócio, facilitando a transparência entre sócios e familiares, incluindo a esposa ou filhos no processo de gestão, facilitando a organização e decisão de novos investimentos.

Os produtores rurais brasileiros têm adotado diferentes práticas de gestão financeira para aumentar a rentabilidade e garantir a sustentabilidade de suas atividades agrícolas. De acordo com o autor Carlos Eduardo de Almeida (2015), a gestão financeira é fundamental para o sucesso das empresas rurais, pois permite o controle dos recursos e o planejamento da produção.

  1. Definição de objetivos financeiros: É importante estabelecer metas financeiras claras para a propriedade rural, como aumentar a rentabilidade, controlar gastos e reduzir dívidas.
  2. Criação de orçamento: É importante desenvolver um orçamento detalhado para a propriedade, incluindo despesas fixas e variáveis, como mão de obra, insumos e gastos com manutenção.
  3. Identificação de fontes de receita: É importante identificar as fontes de receita da propriedade, como a venda de produtos agrícolas, prestação de serviços e receita de aluguéis.
  4. Controle de gastos: É importante manter um registro rigoroso dos gastos da propriedade, incluindo notas fiscais, recibos e faturas.
  5. Análise de resultados: É importante realizar uma análise regular dos resultados financeiros da propriedade para avaliar se as metas estão sendo alcançadas e tomar medidas corretivas se necessário.
  6. Uso de software de gestão financeira: Para agilizar e tornar mais eficiente a gestão financeira da propriedade, é recomendável o uso de um software de gestão financeira específico para propriedades rurais, como o eProdutor.

Conheça agora mesmo o software de gestão financeira do eProdutor e transforme a gestão financeira da sua propriedade rural em um processo mais eficiente e rentável! Clique aqui para mais informações. https://gestaorural.eprodutor.com.br/gestao-rural

 

Como agregar valor aos produtos rurais e aumentar a rentabilidade

As particularidades de uma propriedade rural, agrega uma maior complexidade para realizar uma gestão eficiente, porem essa complexidade pode ser simplificada com o emprego de técnicas gerenciais, muitas delas simples e compatíveis com a realidade do negócio. Além do conhecimento técnico sobre os processos de produção agropecuária, é fundamental que os produtores rurais incorporem instrumentos de gestão, como planejamento das atividades produtivas e gerenciamento financeiro de cada atividade, duas importantes ações na busca pela competitividade.

A elaboração e implementação do planejamento são oportunidades para os gestores avaliarem os fatores internos e externos que influenciam no desempenho da propriedade, determinarem as metas e como elas serão alcançadas. Para entender melhor temos um artigo explicando as etapas do planejamento rural.

A outra estratégia abordada é a gestão financeira, cujo objetivo é o aumento do gerenciamento e competitividade nos mercados em que atua e a possibilidade de identificar o momento certo para investir ou diversificar as atividades. Ter o controle financeiro ajuda a identificar os gargalos de produção, facilitando a tomada de decisão se baseando em dados passados da propriedade. A gestão financeira ainda traz outras vantagens como ter os dados organizados para solicitação de crédito ou seguros. É o modo mais seguro para fazer sucessão familiar e identificar oportunidades de crescimento a médio e longo prazo.

Para ter maiores chances de sucesso no seu empreendimento, é fundamental que o gestor se capacite continuamente, busque informações de qualidade e utilize ferramentas de gestão compatíveis com a realidade do seu negócio.

A informação é a essência da tomada de decisão de um gestor. É preciso fazer o diagnóstico da situação, planejar os passos e depois agir. Para isso, a qualidade das informações é fundamental. Porem no que se refere ao uso das informações, é importante registrar e armazenar as informações internas e externas utilizadas. O registro e o armazenamento de informações devem ser sistematizados de forma a possibilitar a fácil consulta quando necessário. O simples registro desordenado de informações não agrega valor à gestão da propriedade rural, apenas toma tempo e ocupa espaço.

Por fim o produtor rural deve ter o hábito de resgatar informações para comparar o desempenho atual da propriedade com o do passado, identificar as possíveis causas de problemas e analisar os resultados das ações colocadas em prática.

Sucessão familiar: tecnologia ajuda a manter as atividades no agronegócio

As famílias são os grandes pilares da produção rural no Brasil e a sucessão familiar é uma prática muito comum no setor. Para evitar perdas patrimoniais e desgastes emocionais no momento de transferir a gestão para as próximas gerações, é necessário estruturar um plano de sucessão, seja na agricultura ou na pecuária.

Nas atividades rurais, os negócios sempre foram centrados na família e passados de geração em geração, isso significa que, quando os pais se ausentam das atividades, transferem as responsabilidades para os filhos. Nos últimos anos, questões como a maior longevidade dos pais, o maior nível de escolaridade dos filhos, as novas oportunidades de trabalho para os jovens, as novas tecnologias digitais e a necessidade de preservação da escala do negócio fizeram com que o processo de sucessão precisasse se adaptar a uma nova realidade, adotando, assim, novas práticas.

Mas, se por um lado há os pais que têm a intenção de manter os negócios, por outro há os filhos com a falta de interesse de seguir as tradições. Nesse ponto, na hora de pensar no futuro, surge a questão: quem vai dar continuidade nos negócios da fazenda?

Tecnologia na gestão do agronegócio

A tecnologia surge como uma solução para preparar os sucessores a assumir a gestão da produção do campo, tornando os processos e operações muitos mais fáceis, transparentes e seguros.

Diante de algumas dificuldades encontradas no dia a dia da produção, sabemos que escolher entre duas ou mais alternativas em determinadas situações nunca é fácil, por isso, ter a ferramenta certa para ajudar na tomada de decisões é fundamental para uma gestão eficiente.

Para gerar bons frutos, a tecnologia vem atuando como uma verdadeira aliada na rotina do produtor rural, que pode usufruir cada vez mais das facilidades que ela proporciona em um setor que representa extrema importância no país. Saiba mais sobre como agregar valor nos Empreendimentos Rurais neste artigo.

A história nos ensina a entender o presente e a planejar melhor o futuro. Assim, boas práticas de registros e históricos da propriedade vão auxiliar na sucessão, além de gerar bons resultados no sistema de produção. É possível visualizar e entender todas as características, desde dados referentes à rentabilidade, custos, áreas cultivadas, patrimônios, maquinários, históricos das safras e de lotes, documentos legais, mapeamento de processos, fornecedores, técnicas e métodos aplicados.

Um exemplo de solução tecnológica para os futuros gestores do campo é o sistema eProdutor, proporcionando a eles a fazer todos os registros de forma rápida e automatizada, obtendo todas as informações em apenas alguns cliques. Assim fica mais fácil entender o negócio e realizar a gestão sem maiores problemas.

O eProdutor é uma plataforma de gestão rural completa, auxiliando do início ao fim da cadeia produtiva. A ferramenta dá total respaldo na gestão financeira, gestão de estoque, possui integração com outras tecnologias como sensores de monitoramento em tempo real e estações meteorológicas, proporcionando tomadas de decisões mais assertivas e no momento ideal. Veja mais sobre a importância de realizar a Gestão de propriedades rurais aqui.

Como resultado, haverá proteção do patrimônio e da escala do negócio, maior transparência e segurança das informações, fortalecimento das relações familiares e prosperidade do negócio. Consulte o eProdutor e saiba como uma ferramenta de gestão completa pode ajudar a manter a tradição da sucessão familiar e otimizar os resultados produtivos.