Crise de insumos: o mercado será afetado?

por | 20 - 12 - 21 | Agricultura, News

O agronegócio brasileiro é extremamente dependente de países externos para o fornecimento de insumos agrícolas, importando cerca de 76% da matéria-prima de todos os insumos, principalmente da China, Rússia e Índia.

A China, responsável por ⅓ dessa exportação, está passando por uma crise energética, o que diminuiu a quantidade de matéria-prima produzida, segundo informações do Ministério da Agricultura. Mas o que isso afeta na safra de soja 22/23?

A pouca oferta de insumos agrícolas fez com que os preços disparassem, com aumento de até 95% no porto de São Petersburgo (Rússia), em fosfato monoamônico, por exemplo. Isso afeta toda a cadeia produtiva do agro.

Devido ao fato de os custos de produção aumentarem, a safra de 21/22 já vai estar cerca de 30% a 35% mais cara que a anterior. Para a safra de 22/23 o custo deve crescer 55%.

Este cenário reflete muito cuidado nesse momento, pois não há previsão para aumento da receita com a venda da produção, consequentemente, o custo dos insumos por hectare aumenta muito. Por isso, a realização de um bom planejamento e organização financeira da propriedade rural são de extrema importância.

Algumas tecnologias oferecem esse auxílio para que o produtor consiga unir controles administrativos e técnicos da sua propriedade. O sistema de gestão eProdutor é uma dessas ferramentas, que trazem a facilidade para a organização do negócio rural.

Um software de gestão rural auxilia o produtor, além de ter uma visão antecipada de todos os números que regem o seu negócio, a realizar um planejamento estratégico para ser mais competitivo no mercado, por consequência, alcançar melhores resultados financeiros.

Com o eProdutor, é possível organizar todos os custos e ainda obter relatórios detalhados, avaliando os números da propriedade. Fale agora mesmo com um de nossos especialistas e saiba como o eProdutor pode te ajudar: contato@eprodutor.com.br